diHITT - Notícias

Salmo 7

Posted by Pastor Ricardo Marcadores: , , ,

Graça, Paz e Alegria!

No Portal Compartilhando Na Web, em 21/09/2006.

Deus defende o justo contra o ímpio
Canto de Davi. Entoado ao Senhor, com
respeito às palavras de Cuxe, benjamita

1 SENHOR meu Deus, em ti confio; salva-me de todos os que me perseguem, e livra-me;
2 Para que ele não arrebate a minha alma, como leão, despedaçando-a, sem que haja quem a livre.
3 Senhor meu Deus, se eu fiz isto, se há perversidade nas minhas mãos,
4 Se paguei com o mal àquele que tinha paz comigo (antes, livrei ao que me oprimia sem causa),
5 Persiga o inimigo a minha alma e alcance-a; calque aos pés a minha vida sobre a terra, e reduza a pó a minha glória. (Selá.)
6 Levanta-te, Senhor, na tua ira; exalta-te por causa do furor dos meus opressores; e desperta por mim para o juízo que ordenaste.
7 Assim te rodeará o ajuntamento de povos; por causa deles, pois, volta-te para as alturas.
8 O Senhor julgará os povos; julga-me, Senhor, conforme a minha justiça, e conforme a integridade que há em mim.
9 Tenha já fim a malícia dos ímpios; mas estabeleça-se o justo; pois tu, ó justo Deus, provas os corações e os rins.
10 O meu escudo é de Deus, que salva os retos de coração.
11 Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias.
12 Se o homem não se converter, Deus afiará a sua espada; já tem armado o seu arco, e está aparelhado.
13 E já para ele preparou armas mortais; e porá em ação as suas setas inflamadas contra os perseguidores.
14 Eis que ele está com dores de perversidade; concebeu trabalhos, e produziu mentiras.
15 Cavou um poço e o fez fundo, e caiu na cova que fez.
16 A sua obra cairá sobre a sua cabeça; e a sua violência descerá sobre a sua própria cabeça.
17 Eu louvarei ao Senhor segundo a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do Senhor altíssimo.

Vemos o salmista vivendo uma contradição com relação ao que muitos pregam hoje em dia! Hoje não podemos ter dificuldades, a prosperidade é condição para provar o relacionamento com Deus e a falta dela mostra algum tipo de erro que precisa ser corrigido. E se não é assim, infelizmente as denominações que possuem entrada na mídia mostram apenas casos onde Deus resolve tudo e que você só deve acreditar, determinar e Deus fará.

É verdade que não é assim por todos os lugares onde andamos, em todas as igrejas. A Soberania do Senhor não foi alterada em todos os lugares! Mas como isso acontece nas que possuem penetração na mídia, sempre temos que explicar que no Evangelho, na Bíblia, na vida de Jesus, vemos que o Senhor age, com certeza, mas que não é condição para ser abençoado e cuidado por Deus a necessidade de uma ação que seja vista por outras pessoas, uma ação de grande apoio, que o cuidado do Senhor e sua prosperidade também se revelam no meio da dificuldade, na força pra enfrentar, na certeza do cuidado e assim por diante. Que Deus pode agir mudando a história e que nós esperamos por isso, mas que o mais importante é a paz que sentimos, mesmo no meio das dificuldades e a certeza que o Senhor está no controle, ainda que pareça adverso...

O Salmista revela essa certeza! Espera pela ação do Senhor, claro, clama por isso, pois ninguém que está sentindo dor vai dizer que essa dor é boa, ainda que uma dor revele um problema mais grave. Podemos até dizer depois que ela foi importante, mas nunca gostamos de sentir a dor. Não queremos passar por dificuldades!

Mas o salmo revela que o salmista está no meio de dificuldades, calúnias, mentiras... E pelos padrões que alguns tentam demonstrar hoje, isso seria indício que Deus não estaria agindo, que ele teria que procurar se acertar com o Senhor... E não é algo atual! Jó e seus amigos que o digam...

No entanto, ele deixa claro que há integridade nele! Assim, não está passando por dificuldades porque não é íntegro diante do Senhor.

E o fato de clamar ao Senhor mostra que há forças e confiança. Há forças para aguardar por mudança (essa é a paz que está em nosso coração, mesmo quando o mundo acha que não há motivos para paz) e confiança que o Senhor vai agir, mudando a história!

Devemos clamar por mudança quando estamos em dificuldades. E de qualquer ordem! Calúnias, mentiras, falta de emprego... Devemos clamar por mudança! Mas não podemos deixar o desespero tomar conta no meio da dificuldade. A esperança que o Senhor está no controle, mesmo no meio da dificuldade, deve nos ajudar a enfrentar o problema e aguardar pela ação do Senhor, mudando a história. O Seu cuidado já vai se revelar no meio da angústia, nos dando força para enfrentar e já devemos estar atentos a isso, louvando ao Senhor por essa ação. E muito mais iremos louvar quando Ele alterar a história! Quer seja exatamente como queremos ou de outra forma, pois Ele é o Senhor e sabe o que é melhor mais do que nós mesmos!

Assim, não se abata no meio da dificuldade. Clame! Aguarde! Confie! E deixe a paz do Senhor já tomar conta de você no meio da dificuldade para que haja calma suficiente para que você possa ver no momento da mudança a ação do Senhor. Se você der mais importância ao problema que a paz que o Senhor te dá no meio do problema, você corre o risco de nem ver o momento que o Senhor agiu mudando a história e poderá continuar vivendo um problema que, na verdade, o Senhor já resolveu! Deixe o Senhor agir. Não permita que a angústia da dificuldade tome conta. Deixe a Paz do Senhor te envolver da forma como ela é: de uma forma incompreensível aos padrões humanos, paz que te dá a chance de enfrentar uma dificuldade que quem não conhece ao Senhor não consegue enfrentar, sem desespero, confiando e aguardando. Vale a pena!

Salmo 6

Posted by Pastor Ricardo Marcadores: , , ,

Graça, Paz e Alegria!

No Portal Compartilhando Na Web, em 14/09/2006.

Davi recorre à misericórdia de Deus
Ao mestre de canto, com instrumento de cordas.
Em tom de oitava. Salmo de Davi

1 SENHOR, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor.
2 Tem misericórdia de mim, Senhor, porque sou fraco; sara-me, Senhor, porque os meus ossos estão perturbados.
3 Até a minha alma está perturbada; mas tu, Senhor, até quando?.
4 Volta-te, Senhor, livra a minha alma; salva-me por tua benignidade.
5 Porque na morte não há lembrança de ti; no sepulcro quem te louvará?
6 Já estou cansado do meu gemido, toda a noite faço nadar a minha cama; molho o meu leito com as minhas lágrimas,
7 Já os meus olhos estão consumidos pela mágoa, e têm-se envelhecido por causa de todos os meus inimigos.
8 Apartai-vos de mim todos os que praticais a iniqüidade; porque o Senhor já ouviu a voz do meu pranto.
9 O Senhor já ouviu a minha súplica; o Senhor aceitará a minha oração.
10 Envergonhem-se e perturbem-se todos os meus inimigos; tornem atrás e envergonhem-se num momento.

O salmista mostra que está passando por um momento de grande angústia! Está perturbado com tamanha dificuldade e ainda aguarda no Senhor o cuidado, esperando não ser castigado, pois a sua dificuldade já é grande! O v. 3 deixa isso muito claro: “até a minha alma está perturbada”! Não temos como relatar as dificuldades que o salmista estaria passando, mas ele está num momento de grande angústia, aguardando que não seja aumentada sua dificuldade por qualquer manifestação do Senhor, antes que o Senhor altere aquela situação.

O choro durante a noite, a possibilidade de uma enfermidade física... Isso vemos no texto, mas o que fica muito claro pra mim é que não importa a dificuldade. O salmista confia que o Senhor pode alterar aquela situação! Além disso, há inimigos que se aproximam e que o salmista espera que sejam envergonhados!

Quais são as dificuldades que você tem passado? Que angústias você está enfrentando? Há quem calunie você? Confie! Siga o caminho do Senhor, viva debaixo de Sua vontade e louvando-O o tempo todo, com cânticos, testemunhos, manifestações da Sua vontade, realizando a vontade do Senhor!

Não importa a dificuldade. Não há porque você achar que o choro não vai passar. O salmista enfrentava a dor, o choro, a angústia, mas queria fazer a vontade de Deus para não enfrentar a Ira do Senhor. Faça a vontade do Senhor e aguarde! Chegará a hora. No melhor momento! A manifestação da bondade do Senhor será completa, pode ter certeza!

Salmo 5

Posted by Pastor Ricardo Marcadores: , , ,

Graça, Paz e Alegria!

No Portal Compartilhando Na Web, em 24/08/2006.

Proteção contra os ímpios
Ao mestre de canto, para flautas.
Salmo de Davi

1 DÁ ouvidos às minhas palavras, ó Senhor, atende à minha meditação.
2 Atende à voz do meu clamor, Rei meu e Deus meu, pois a ti orarei.
3 Pela manhã ouvirás a minha voz, ó Senhor; pela manhã apresentarei a ti a minha oração, e vigiarei.
4 Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniqüidade, nem contigo habitará o mal.
5 Os loucos não pararão à tua vista; odeias a todos os que praticam a maldade.
6 Destruirás aqueles que falam a mentira; o Senhor aborrecerá o homem sanguinário e fraudulento.
7 Porém eu entrarei em tua casa pela grandeza da tua benignidade; e em teu temor me inclinarei para o teu santo templo.
8 Senhor, guia-me na tua justiça, por causa dos meus inimigos; endireita diante de mim o teu caminho.
9 Porque não há retidão na boca deles; as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua.
10 Declara-os culpados, ó Deus; caiam por seus próprios conselhos; lança-os fora por causa da multidão de suas transgressões, pois se rebelaram contra ti.
11 Porém alegrem-se todos os que confiam em ti; exultem eternamente, porquanto tu os defendes; e em ti se gloriem os que amam o teu nome.
12 Pois tu, Senhor, abençoarás ao justo; circundá-lo-ás da tua benevolência como de um escudo.

Como o salmo é atual...

Quantas pessoas se levantam para difamar o servo do Senhor. Quantas pessoas que dizem mentiras e que se revelam sem temor acabam durante algum tempo com mais evidência...

O Salmista observa isso e deixa claro que irá começar o dia da melhor forma possível: orando, falando com o Senhor, e com a certeza que sua oração será ouvida. Quantas vezes temos a impressão que nossas orações não passam do teto. Quantas vezes negligenciamos o tempo de oração, o que é pior ainda! Devemos experimentar a verdade que o salmista declara que é orar e saber que o Senhor ouve nossa oração.

Não há iniquidade que possa ter sucesso para sempre. Se o salmista nota que o Senhor não tem prazer nessas coisas, é porque ele (o salmista) nota que ao seu redor há esse tipo de coisa. Se não houvesse iniquidade ao seu redor, ele nem citaria! Mas o Senhor não tem prazer nisso e vai mudar o quadro. Não importa se você vê que quem mentiu, difamou ou que fez qualquer outra coisa contrária à vontade do Senhor, está com momentos de tranquilidade. É uma tranquilidade aparente, pode ter certeza! A verdadeira paz vem do Senhor e em realizar a Sua vontade. O Senhor não tem prazer nisso e não permitirá que isso dure.

Todos que não realizam a vontade do Senhor terão problemas, ainda que hoje vivam em aparente calma. Só podem se alegrar realmente, ainda que dificuldades apareçam no dia-a-dia, aqueles que servem ao Senhor, pois será Ele a cuidar da história e a mudar, transformando em bênção cada uma das situações que até pareciam ruins na sua vida. No mínimo, você poderá dar testemunho do cuidado do Senhor, independente da dificuldade. O cuidado que veio ou mudando a história ou dando forças para você seguir na caminhada, quando as pessoas poderiam até pensar que você desistiria...

O Senhor cuidará de você. Creia! Ele estará ao seu lado, com escudo, com cuidado, não permitindo que as dificuldades derrubem definitivamente você. O Senhor irá lutar com e por você, pode ter certeza!

Salmo 4

Posted by Pastor Ricardo Marcadores: , , , ,

Graça, Paz e Alegria!

Confiança em Deus, na angústia
Salmo de Davi ao mestre de canto,
com instrumentos de cordas

1 OUVE-ME quando eu clamo, ó Deus da minha justiça, na angústia me deste largueza; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração.
2 Filhos dos homens, até quando convertereis a minha glória em infâmia? Até quando amareis a vaidade e buscareis a mentira? (Selá.)
3 Sabei, pois, que o Senhor separou para si aquele que é piedoso; o Senhor ouvirá quando eu clamar a ele.
4 Perturbai-vos e não pequeis; falai com o vosso coração sobre a vossa cama, e calai-vos. (Selá.)
5 Oferecei sacrifícios de justiça, e confiai no Senhor.
6 Muitos dizem: Quem nos mostrará o bem? Senhor, exalta sobre nós a luz do teu rosto.
7 Puseste alegria no meu coração, mais do que no tempo em que se lhes multiplicaram o trigo e o vinho.
8 Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança.

O salmista confia piamente na intervenção do Senhor no meio de sua angústia. Aliás, cita que teve tranquilidade até mesmo no meio da mesma e clama que mais uma vez o Senhor ouça sua oração. Nós, da mesma forma, passamos por situações complicadas em nossa vida, enfrentando dificuldades, mas sempre podendo sentir o cuidado do Senhor, mesmo no meio da angústia, mesmo antes de uma solução definitiva para a dificuldade.

Assim, confiando no cuidado do Senhor, o salmista se mostra indignado com a ação daqueles que tentam mudar a realidade do cuidado do Senhor sobre a vida dele. Quer saber até quando seguirão mudando a verdade do cuidado do Senhor em mentiras de que Ele nem mesmo vai agir ou que há algo errado na vida daquele que está passando por alguma dificuldade. Hoje em dia há quem tente ligar dificuldades à falta de fé ou de pecados cometidos. Mas quem tenta dar essa ênfase acaba esquecendo que o Senhor cuida de todas as coisas, mesmo no meio da dificuldade, podendo permitir tal situação para mostrar Sua ação, independente de fé ou pecados...

Mas, em vez de ficarmos indignados com alguém que tenta mudar o que de fato está acontecendo, criando situações até mesmo falsas diante de algo que estejamos vivendo, devemos como o salmista alertar para o erro e convidar a mudança de pensamento. Devemos deixar claro, caso não nos falte fé ou não estejamos em pecado, que devemos nos manter fiéis ao cuidado do Senhor, independente do que esteja acontecendo, pois Ele vai agir! (ver vs. 2-5).

Diante do questionamento de muitos sobre a falta de cuidado do Senhor, devemos apresentar que quem deve ser exaltado não somos nós e sim o Senhor. Que qualquer dificuldade pode nos dar a oportunidade de testemunhar o cuidado do Pai, nos proporcionar o crescimento em direção à estatura espiritual. E no v. 7 o salmista ainda testemunha que a alegria que ele tem agora, mesmo até em dificuldade, é maior do que quando tinha maiores facilidades. Isso mostra que o Senhor está com ele, lhe dando aquela paz que está acima de qualquer possibilidade de entendimento apenas humano, a paz que está presente mesmo quando parece que não há motivos para ela existir! Essa é melhor. Claro que humanamente preferimos não passar por dificuldades, mas pior é passar pelas mesmas sem contar com a paz que o Senhor gera em nossos corações. Quando contamos com o Seu cuidado mesmo na dificuldade, ela não se torna tão pesada, ainda que aos olhos humanos ela seja séria.

Assim, nada vai tirar o sono. Nenhuma dificuldade, nenhuma difamação, nenhuma crise poderá tirar a paz que o Senhor dá e que permite o sono tranquilo, quando há motivos humanos até para não dormir direito. Contando com o cuidado do Senhor, não há dificuldade que nos tire a paz, o sono, a certeza do cuidado.

Que Deus continue abençoando sua vida!

Related Posts with Thumbnails